Home Notícias Cana e café seguram o saldo da Balança Comercial Paulista
0

Cana e café seguram o saldo da Balança Comercial Paulista

0
0

AgronegociosDe janeiro a novembro de 2018, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$ 47,86 bilhões (21,8% do total nacional) e as importações US$ 56,51 bilhões (34% do total nacional), gerando um déficit de US$ 8,65 bilhões, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA), instituição de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
 
No mesmo período, o agronegócio sofreu queda nas exportações (-13%), atingindo US$ 15,18 bilhões, enquanto as importações subiram (+1,6%), somando US$ 4,55 bilhões, resultando em um saldo de US$ 10,63 bilhões, montante 18% menor que o apresentado em 2017, explicam José Alberto Angelo, Carlos Nabil Ghobril e Marli Dias Mascarenhas Oliveira, pesquisadores do IEA, lembrando que, mesmo em queda, o superávit do agronegócio continua sendo fundamental para equilibrar as contas do Estado.
 
Nestes 11 meses, os principais grupos nas exportações do agronegócio foram: complexo sucroalcooleiro (US$ 4,71 bilhões), carnes (US$ 1,97 bilhão), sucos (US$ 1,73 bilhão), complexo soja (US$ 1,71 bilhão) e produtos florestais (US$ 1,70 bilhão). Esses cinco agregados representaram 77,9% das exportações setoriais do Estado. “Os resultados das vendas externas paulistas foram impactados pela queda de 40% no complexo sucroalcooleiro e de 22,6% no café, produto que ocupa o 7º lugar no ranking. Carnes, sucos, complexo soja e produtos florestais, quando comparado com os resultados do mesmo período de 2017, oscilaram positivamente”, afirmam os pesquisadores.
 
Balança Comercial do Brasil
 
No período analisado, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 53,88 bilhões, com exportações de US$ 219,97 bilhões e importações de US$ 166,09 bilhões. Na análise setorial, as exportações do agronegócio aumentaram 4,6%, alcançando US$ 93,16 bilhões (42,4% do total nacional). Já as importações se mantiveram praticamente estáveis no período (-0,5%), alcançando US$ 12,91 bilhões. O superávit do agronegócio nesse período foi de US$ 80,25 bilhões, montante 5,5% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.
 
Os principais grupos nas exportações do agronegócio brasileiro foram: complexo soja (US$ 38,71 bilhões), carnes (US$ 13,40 bilhões), produtos florestais (US$ 12,73 bilhões), complexo sucroalcooleiro (US$ 6,93 bilhões) e café (US$ 4,35 bilhões). Esses cinco grupos representaram 81,7% das vendas externas setoriais brasileiras.
 
Para ler o artigo na íntegra e consultar as tabelas e gráficos, clique aqui.
 
Por: Nara Guimarães / Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

   RECEBA A NOSSA NEWSLETTER!

sua inscrição foi feita com sucesso!

Erro, digite novamente

Máquinas e Inovações Agrícolas will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.