• Newtec

ZF reúne dicas de manutenção preventiva para sistema hidráulico

A ZF Aftermarket recomenda a manutenção preventiva do sistema hidráulico, pois se trata de segurança ativa do veículo

O sistema de direção é um dos conjuntos mais complexos de um veículo, desenvolvido por meio de processos rigorosos de qualidade e engenharia que garantem a segurança ativa do condutor e de seus ocupantes. Portanto, a ZF Aftermarket reuniu dicas sobre a correta manutenção da direção hidráulica de veículos leves, da marca TRW.

De acordo com os especialistas da ZF Aftermarket, as falhas no sistema hidráulico da direção são percebidas quando o veículo apresenta ruído no seu funcionamento, direção pesada ou vazamento do fluido que provocam manchas no chão. Em sua maioria, as falhas poderiam ser evitadas com a manutenção preventiva do sistema, preferencialmente realizadas a cada 50 mil quilômetros, sempre respeitando as instruções de cada montadora.

É de extrema importância a atenção e identificação de problemas no sistema para saber o que está causando a falha e onde ela se encontra. É importante destacar que a direção apresenta sinais que podem ser importantes aliados nessa identificação. Por exemplo, se a direção está mais pesada e para qual lado, se a direção fica inoperante quando o veículo está parado ou em manobras, ou mesmo se o auxílio hidráulico para repentinamente, entre outros.

“A função da direção hidráulica é a de proporcionar conforto durante as manobras, tornando a direção mais leve. A ação hidráulica ocorre com auxílio do fluido, que está sob alta pressão. Uma bomba hidráulica é acionada quando o motor entra em funcionamento, utilizando o fluido do reservatório e enviando a pressão necessária para o mecanismo da direção. Para efeito de segurança, se ocorrer falhas no sistema hidráulico, o mecanismo funciona como uma direção comum e deve ser consertada por um mecânico ou especialista, o mais rápido possível”, explica Tales Miranda, Gerente Sênior de Desenvolvimento de Produtos da ZF Aftermarket América Latina.

Verificações

A limpeza do sistema hidráulico consiste na troca do filtro, limpeza ou troca do reservatório e na drenagem e verificação das condições das tubulações e conexões. Caso o veículo possua válvula do reservatório, é necessário fazer a limpeza ou substituição deste componente.

Sobre as conexões e tubulações é indicado observar os diâmetros, posições de montagem, condições e fixação das mangueiras e conexões, bem como verificar se não estão torcidas ou formando ângulos que interfiram no fluxo do fluido, que pode ser mineral ou sintético, dependendo da indicação de cada fabricante.

É importante lembrar que o alinhamento da direção é recomendado a cada 10 mil quilômetros, após a troca de qualquer componente da suspensão ou após a troca da caixa de direção.

Passo a passo da sangria do sistema

Ruídos poderão ocorrer após a troca da caixa de direção ou do fluido. Neste caso é necessário executar a sangria do sistema. Para isso, a empresa destaca alguns passos;

•    Levante o carro com o auxílio de um macaco e verifique se as rodas dianteiras subiram o suficiente para garantir a sua movimentação debaixo do veículo.
•    Encontre e retire a bandeja de proteção do sistema de direção hidráulica. Estanque o fluido, desconectando a mangueira de baixa pressão da bomba de direção.
•    Em seguida, reconecte a mangueira.
•    Solte a tampa do reservatório.
•    Despeje o volume de fluido indicado pelo fabricante e tampe-o novamente.
•    Gire a chave da ignição e dê a partida no veículo.
•    Esterce o volante até o final do seu curso nos sentidos horário e anti-horário por 3 minutos. •    Verifique se ocorrem ruídos estranhos, pois podem indicar a presença de ar no conjunto.
•    Continue rodando o volante até que o fluido circule completamente no sistema e a pressão atmosférica tenha sido removida.
•    Desligue o motor e aguarde 20 minutos.
Retire os cavaletes, desça o veículo ao solo e dê a partida.
•    Com os pneus dianteiros no piso, verifique se o sistema está respondendo corretamente.
•    É importante lembrar que, se você notar um chiado na direção hidráulica após trocar o fluido, é preciso remover a tampa do reservatório para expelir o ar. E então, tampar novamente.
•    Importante também olhar com atenção o coxim dos amortecedores, pois em alguns casos de ruídos,  pode ser que  estejam desgastados.

Fonte: ZF Aftermarket

Deixe um comentário

Leia mais

  • Bucher Hydraulics
  • rokim Portal Maquinas Agricolas
  • Bucher Hydraulics
  • rokim Portal Maquinas Agricolas

Empresas parceiras do jornalismo agrícola de qualidade

O Portal Máquinas Agrícolas é uma plataforma integrada de informação, conhecimento e serviços sobre mecanização e inovações agrícolas.

 

Rua Félix de Sousa, 305
04612-080 – São Paulo – Brasil
Telefone: +55 (11) 5042-5260

Newsletter

LOCALIZAR NOTÍCIA NO PORTAL

© BMComm | Portal Máquinas Agrícolas  ::: Site desenvolvido por Código 1 TI

Assine nossa Newsletter