Home Produtos e serviços Mais eficiência na semeadura do milho safrinha

Mais eficiência na semeadura do milho safrinha

by Nadila Sousa

Nas principais regiões produtoras de grãos do Brasil, os agricultores estão correndo contra o tempo para conciliarem a colheita da soja com o preparo do plantio do milho. Com o atraso no fim do ano passado na semeadura da oleaginosa, nessa safra o produtor terá uma janela menor para preparar a safrinha. Para não ter prejuízos, será preciso ser altamente eficiente e assertivo nesse plantio.

Já os produtores que estão com as sementes estocadas na propriedade, é hora de pensar nos discos e anéis para o plantio. Segundo Wellington Casati, Coordenador de Vendas da J.Assy, é recomendado que o agricultor que não vai plantar nos próximos dias e já recebeu a semente, leve uma amostra do lote até uma revenda de implementos agrícolas e faça a escolha correta do disco e anel.

Muitos produtores não se atentam aos discos e anéis, mas são eles os responsáveis pela distribuição uniforme e eficiente das sementes no solo. A J.Assy oferece ao mercado os discos Apollo, com a exclusiva tecnologia RampFlow, que consiste em uma rampa com pequenas estrias em cada furação, que facilitam o deslize das sementes e diminuem o atrito e quebra dentro do dosador.

Segundo Wellington, as tecnologias da J.Assy são desenvolvidas para aumentar a rentabilidade do plantio. “Os nossos discos são feitos de um material muito resistente, que não causam abrasão e quando encaixados no anel, não entortam e não empenam. Já o nosso dosador Titanium, que utiliza exclusivamente os discos Apollo, possui o sistema de organizadores que garantem o fluxo ideal, sem danos mecânicos às sementes, tornando a distribuição ainda mais precisa”, destaca.

Atualmente, a J.Assy é a única empresa que conta com 20 medidas de discos diferentes, que se encaixam em todas as sementes comercializadas no mercado. São diversas opções, devido a quantidade de peneiras que as sementeiras disponibilizam. “Temos discos de furação redonda e furação oblonga, para atender todos os tipos de sementes. Até hoje, nós não encontramos um tipo que não encaixasse nos discos. Esse é um dos diferenciais da nossa empresa”, conta Wellington.

Escolhendo corretamente os discos e anéis

Uma dica fundamental para escolher os discos e anéis, é ter em mãos a semente que deseja plantar. É importante levar uma amostra até a revenda e realizar o teste. O primeiro passo é preencher as furações do disco com semente e ao levanta-lo, se todas elas caíram, provavelmente o tamanho estará bom. Contudo, também observe se duas sementes não ocuparam o mesmo furo.

Associados aos discos, os anéis também são importantes para o sucesso do plantio, pois são fundamentais para definir a altura da semente.  “Se a semente estiver sobrepondo o disco, passando das furações, o organizador que retira o excesso da semente do dosador, no sistema mecânico convencional quebra essa semente, ou a retira da furação”, salienta Casati.

O produtor também deve olhar a altura da semente e ajustar de acordo com cada anel. “Para isso, também existem 5 medidas de anéis, que podem ser utilizados em dosadores mecânicos convencionais e no dosador Titanium. O liso de 1mm de profundidade, o de 1,6 mm, 2,mm e o de 2,5 mm”, finaliza o profissional da J.Assy.

 

Fonte: Assessoria J.Assy

Related Posts

Leave a Comment