Home Produtos e serviços Hydac inaugura fábrica no Brasil para expandir operações

Hydac inaugura fábrica no Brasil para expandir operações

0
0

Uma cópia mais moderna da matriz alemã. É assim que a equipe Hydac define sua nova unidade, que entrou em operação em setembro em Indaiatuba, interior do estado de São Paulo. “Com capacidade de produção de 500 mil elementos filtrantes por turno, a nova fábrica trouxe para o Brasil a versão mais moderna do maquinário desenvolvido pela matriz na Alemanha e espera triplicar as vendas de elementos filtrantes já no primeiro ano de operação”, afirma Jody Haibara, gerente de Produção.

“O Brasil tem um potencial imenso, com um mercado agrícola em constante crescimento e necessidade de investir em infraestrutura. Esse cenário cria a demanda ideal para a ampliação do número de máquinas que dependem dos nossos componentes”, comenta Kurt Dannegger, diretor executivo da Hydac, sobre a decisão da empresa investir no Brasil.

A implantação da nova fábrica será realizada em duas fases. A primeira delas teve investimento de R$ 60 milhões para a construção da planta de fabricação das unidades de filtros e elementos, em uma área com mais de 40 mil m2, sendo 7 mil m2 de área produtiva. Por enquanto, teve início a operação de elementos filtrantes; a partir do próximo ano, começam a ser produzidos os filtros de processo, filtros de retrolavagem, filtros de linha e sistemas de filtração.

Possibilidade de customização
A nova unidade de Indaiatuba não é apenas uma fábrica de filtros hidráulicos. Ela representa o início de uma nova fase para a Hydac Brasil que poderá, a partir de agora, desenvolver soluções customizadas para seus clientes com muito mais agilidade.

“Com os equipamentos que temos agora na fábrica somos capazes de analisar as máquinas do nosso cliente, verificar se elas têm contaminação sólida ou líquida, checar a sua necessidade de filtragem, enfim, analisar tudo isso no campo e desenvolver um filtro específico para a sua máquina aqui no Brasil”, afirma Kurt.

Para auxiliar nesse desenvolvimento, a Hydac conta com laboratório e bancadas de testes. O laboratório é munido com equipamentos de medições capazes de realizar testes em elementos filtrantes e óleos hidráulicos, permitindo uma análise mais apurada das novas tecnologias desenvolvidas. A bancada CTU (Contamination Test Unit) certifica o processo de limpeza dos componentes utilizados na produção. Já as bancadas de testes de fadiga, verificam a durabilidade das carcaças e cabeçotes. “Esses testes eram todos feitos na Alemanha e demoravam muito tempo. Ganhamos agilidade”, comenta o diretor.

Outro serviço diferenciado da unidade de Indaiatuba (SP) é a calibração dos contadores de partícula. Única na América Latina, a bancada realiza a aferição dos sensores de contaminação oferecidos pela empresa, como CS1000, FCU2000, FCU 1310 e outros. A Hydac é a única fabricante que faz a calibração no Brasil, reduzindo o tempo de entrega dos componentes calibrados aos clientes.

Soluções eficientes
A Hydac conta com o mais completo portfólio de sistemas de controle destinado ao mercado agrícola. Além da linha completa de filtros (sucção, pressão e retorno), a empresa conta com blocos hidráulicos, acumuladores e trocadores de calor. “É a única empresa do mercado que consegue oferecer a solução completa para uma máquina, incluindo eletrônica, agricultura de precisão e hidráulica”, comenta Carlos Augusto de Souza, diretor-executivo. “Isso facilita para o cliente, que pode comprar todos os componentes de um único fornecedor.”

“A capacitação das equipes de produtos torna esses componentes em sistemas cada vez mais seguros, eficientes e inteligentes. Nosso foco é gerar aos clientes ganhos operacionais, maior disponibilidade de máquina e eficiência energética por meio de soluções criativas e eficientes”, afirma Juliano Liprandi, gerente do segmento Mobil.

Diretores e colaboradores da Hydac comemoram a produção do primeiro lote de elementos na nova fábrica

A linha de filtros hidráulicos Hydac é líder mundial de vendas, sucesso replicado no Brasil por conta da grande capacidade de retenção em massa de partículas sólidas para tamanhos nominais diversos, robustez estrutural e tecnologia de ponta. “Existe uma tendência de utilização de componentes hidráulicos mais compactos e, portanto, mais vulneráveis à contaminação sólida”, diz Gabriel Souza, gerente de Produto. “A tecnologia aplicada aos nossos filtros, atrelada à eficiência de remoção, garante que os componentes não sofram desgastes prematuros ocasionados por partículas extremamente pequenas, próximas a 3 µm.”

“Com a nova fábrica, os filtros e elementos filtrantes estarão ainda mais competitivos, com maior disponibilidade e rapidez nas entregas e, ao mesmo tempo, mantendo a qualidade e garantia que somente um produto líder de mercado pode oferecer”, finaliza Carlos Augusto Souza.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *