Home Notícias Empresa sul-coreana instala fábrica de tratores em Santa Catarina
7

Empresa sul-coreana instala fábrica de tratores em Santa Catarina

0
7

Em agosto, quando o primeiro lote de tratores sair da linha de montagem na fábrica instalada em Guaruva (SC), a sul-coreana LS Tractor, ligada a LS Mtron, do Grupo LG, terá concretizado um passo histórico rumo à expansão dos limites de seu território de atuação. Depois de 35 anos estabelecida na Coreia do Sul e na China com apenas um escritório comercial nos Estados Unidos, a montadora terá a primeira planta industrial fora do continente asiático.

Naturalmente, o Brasil não foi escolhido por mero acaso. Pelo contrário. Dentre outros fatores, o posicionamento estratégico da marca levou em conta a perspectiva de retorno do capital a ser investido pela corporação. “O Brasil é a quinta potência mundial do agronegócio e tem muito potencial para o crescimento”, justificou Jae Seol Shim, presidente mundial da LS Mtron. Shim e outros integrantes da alta cúpula da empresa demonstraram a importância atribuída a essa operação no Brasil. Eles deixaram a sede na Coreia e se fizeram presentes à solenidade de lançamento da pedra fundamental da fábrica de Guaruva, dia 27 de fevereiro, quando a planta já se encontrava em estágio avançado de construção.

[imagebrowser id=32]

 

Em um discurso “recheado” de informações técnicas, institucionais e econômicas, o presidente mundial da companhia destacou uma coincidência que lhe agradou: “iniciamos nossas operações no País no ano em que se comemora o cinquentenário da imigração coreana para o Brasil”.

1

Rendas versus competitividade. Na primeira etapa, a fábrica brasileira receberá um aporte de US$ 30 milhões de dólares. Os recursos serão destinados para viabilizar uma linha de produção capaz de produzir 5 mil tratores por ano, operando com 100 funcionários. Segundo estimativas da empresa, somados aos empregos indiretos que serão gerados, esse número sobe para 1.100 postos de trabalho.

Do portfólio de produtos da marca, cinco modelos – na faixa de potência que vai de 25 cv até 100 cv – foram selecionados para a “estreia” da marca em solo tupiniquim. Os modelos produzidos em Guaruva terão versões simples e com itens de conforto, como cabines, por exemplo. “Esse é o perfil de 70% dos tratores comercializados no Brasil”, afirmou André Rorato, diretor comercial da empresa.

Tanto quanto a escolha pelo volume, a LS Tractor também foi criteriosa na seleção dos mercados-alvo. Nos primeiros anos, atuará somente em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e São Paulo. “Nesses estados estão uma parcela expressiva do perfil de usuários que desejamos atingir: pequenos proprietários rurais e agricultores familiares”, justificou James Yoo, presidente da empresa no Brasil.

Com a promessa de montar uma estrutura sólida e ampla para atender seus clientes, o diretor adiantou que toda a infraestrutura necessária já está bem adiantada para comercializar os tratores da marca. “Os primeiros distribuidores escolhidos têm cerca de 20 anos de atuação no setor”, garante. De acordo com o planejamento traçado, ainda este ano a marca inaugura 18 revendas – resultado de parcerias já fechadas com 14 empresários. “Até o final de 2014, a meta é alcançar 32 pontos de distribuição”, calculou.

Rorato reconhece que no primeiro ano pode não atingir a capacidade máxima de produção, estimada em 5 mil tratores. “O processo de crescimento será gradativo. Em 2013 serão produzidas 700 unidades”, estimou. Para colocar a marca LS Tractor, contudo, em iguais condições de disputa com as demais operantes no Brasil (inclusive beneficiada pelos programas governamentais com juros reduzidos ou subsidiados), a fabricante tem o objetivo de iniciar as operações com índice de 65% de nacionalização. Um dos grandes fornecedores brasileiros será a MWM, responsável pelos motores dos modelos com potência acima de 60 cv. A ZF fornecerá os eixos dianteiros tracionados para os tratores da marca. Já o câmbio, outro item de alta tecnologia, será importado.

Comment(7)

    1. Olá Edgard, enviamos sua pergunta para o fabricante (LS TRACTOR), o qual responderá diretamente a você.
      Obrigada por acessar nosso Portal.

      Abs.
      Redação

  1. Sou eng. mecânico, trabalhei no extinto centro nacional de engenharia agrícola, executando testes de desempenho de tratores em pista de concreto. Construímos junto com a GTZ (Alemanha) um carro dinamométrico para executar os ensaios em pista de concreto.
    Neste ano 2016 transferimos este CD para UFLA-Universidade Federal de Lavras-MG, pretendemos torná-lo operacional para ser utilizado em pesquisa e apoio às industrias de tratores…
    caso houve interesse no assunto estamos aguardando contato.
    obrigado
    Osório

  2. A TBA SOLDAS dedica-se á fabricação integral deste tipo de equipamentos, dentro de uma ampla variedade que inclui também equipamentos de solda plasma, corte plasma, e Plasma de Arco Transferido(PTA).
    Nosso objetivo é facilitar o acesso a estas tecnologias no âmbito do Brasil e América latina, desenvolvendo equipamentos com caracteristicas de padrão internacional e alta qualidade, a preços acessível.
    Somos os únicos fabricantes de equipamentos de realização na América latina os quais são produzidos para uso industrial pesado, assegurando robusta, versatilidade, longa vida útil, manutenção muito baixa e alta eficácia.
    Convidamos a V.S. ª avaliar as vantagens deste equipamento já que sem duvida poderá incrementar a produtividade na sua empresa.
    Ficamos ao seu inteiro dispor para quaisquer informações ou consultorias adicionais.

  3. Estou na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Sou profissional liberal .
    Tenho um grande interesse na área agrícola.
    Esta noite teve um sonho que viajava vendendo máquinas para produção de alimentos. Por esta razão estou entrando em contato e me colocando a disposição, caso seja de vosso interesse em representa-los em Minas Gerais.
    Cordialmente,
    João Vilaça.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *